Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
19
Out 08

é a forma como Reinhold Schweikert denomina a sua casa, localizada na Freguesia de Beirã (Marvão). Na verdade, "casa" é um conceito algo restrito para descrever a "Ilha Paradisíaca" da Família Schweikert, uma vez que se trata de um terreno de dois hectares que, no seu interior, viu nascer um verdadeiro mundo. É aqui que Reinhold, a mulher e os seus oito filhos vivem e de onde praticamente nunca saem, pois só aqui conseguem estar protegidos da poluição e dos problemas inerentes à civilização. No terreno, onde praticamente não existe tecnologia, a electricidade é produzida por energia solar e eólica, a água provém de furos e a alimentação provém das árvores, das plantas, da terra e dos animais. No entanto, esta família de origem alemã não ingere carne ou peixe e o mais insólito é que não cozinham os seus alimentos."

 

publicado por Zé LG às 20:14
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Não estão à altura da dignidade do cargo de Presid...
Não seja assim..Vá lá. .
Substância=conteúdo.
Olhe que não. Olhe que não.Sempre aqui se teceram ...
Passámos da noite para o dia... em termos de gente...
Pelo menos numa coisa já temos de dar mérito a est...
A pior coisa que se pode fazer aos políticos que e...
Deixem as pessoas trabalhar á vontade! Podem não f...
Parabéns à Câmara de Castro Verde pela decisão.Vam...
No Facebook não há anonimato. Mas podem haver fals...
Pois, era bom que fosse assim, só que o que se ver...
Temos de habituar-nos. As redes sociais proporcion...
António, o pior é que o que se passa ai passa-se e...
“Alta resolução” onde???
Também o Hospital de Serpa foi transformado numa c...
blogs SAPO