Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
24
Mai 13

publicado por Zé LG às 13:53
Patético ler no facebook do Presidente Penetra esta lengalenga, que só serve para desmotivar a malta:

"O município de Alvito é dos mais pequenos do país em termos de população. Por isso, tem um dos orçamentos mais magros de todos. Durante todo o mandato tivemos de puxar pela imaginação para podermos realizar muitas das atividades que levámos a cabo. Para além dos eleitos, existe muito mérito dos trabalhadores autárquicos pelo trabalho que conseguimos realizar. Pela minha parte, para além do trabalho dedicado, dei também um pequeno exemplo de sacrifício. Refiro-me ao facto de durante todo o mandato eu ter abdicado das ajudas de custo a que tinha direito e que por vontade própria, não as recebi."

https://www.facebook.com/joao.penetra.5?fref=ts
Anónimo a 24 de Maio de 2013 às 19:41
Os concelhos de Alvito e Viana não merecem um homem desta dimensão, um visionário, um ser muita à frente do seu tempo. Arriemos o Trigo Morais e esse ladrão do Isidoro de Sousa para lá por a carranca desse mago criador, exemplo de empreendedorismo e mais não digo que me faltam as palavras de adjectivar. Tadinho do senhor Penetra...
Anónimo a 24 de Maio de 2013 às 20:28
Mas que grande sacrifício prescindir das ajudas de custo. Então para que servem as despesas de representação?
Será que Penetra quando era vereador da Câmara de Viana, não se sacrificava e sacava o dinheiro de todos os passeios que dava fora do concelho?
Anónimo a 25 de Maio de 2013 às 00:30
Não estou SEGURO disso!!
eu a 25 de Maio de 2013 às 11:10
Nós também vamos à manif...

CORPO DE INTERVENÇÃO

O Corpo de Intervenção (CI) constitui uma força de reserva à ordem do director nacional, especialmente preparada e destinada a ser utilizada em:

a) Acções de manutenção e reposição de ordem pública;
b) Combate a situações de violência concertada;

Lá nos encontraremos!!
Anónimo a 25 de Maio de 2013 às 12:13
SEGURO & BLOCO ao poder, JÁ.
Carlinhos a 25 de Maio de 2013 às 17:07
No site da DGO pode consultar-se a lista de municípios incumpridores da LCPA. O que faz com que os seus responsáveis incorram, nos termos da lei que se sobrepõe a qualquer norma em contrário, numa situação de responsabilidade civil, criminal, disciplinar e financeira, sancionatória e reintegratória.
A ver aqui: http://www.dgo.pt/execucaoorcamental/Paginas/LeiCompromissosPagamentosEmAtraso.aspx
Anónimo a 26 de Maio de 2013 às 10:35
Com o devido respeito, porque é que o clube de pesca de alvito, que tem o seu mérito, é o clube que recebe o maior subsidioo da camara, cerca de 15000 euros, quando:
- não damos conta de um evento por si promovido no concelho, quando semanalmente, durante mais de 9 meses, notamos as atividades dos outros clubes?
- quem anda na formação deste clube? Como se pode ser pescador? Onde há informação?
- porque não aparecem nos periodos das ferias ou no feriado muncipal ou nas feiras a dar um apoio à Câmara, que ao que consta até os bichos subsidia.
- qual o papel do chefe gabinete nisto, é alguma rapala?
desportos pesca e não só a 27 de Maio de 2013 às 15:30
o clube sa pesca não faz eventos no concelho vai a eventos fora de portas e lava lá fora o nome do clube.
E qual é o mal da câmara apoiar em 40% dos asticots? Não apoia em 40% as meias da bola? Não é a mesma coisa.

Para se inscreverem .... não é fácil.
Rapala de alvito a 27 de Maio de 2013 às 17:03
Ser asticot é como ser chefe de gabinete, não é fácil.
asticot de Alvito ... Évora bruuummm a 27 de Maio de 2013 às 17:11
Na assembleia de Junho averá deputados interessados nesta temática que vão antecipadamente pedir essas contas para verificação, porque não tem cabimento.

Como também não tem cabimento irem para assembleias sem as atas das reuniões anteriores, volta horta tás perdoado. Este que tá agora lá nem de casa dá conta.
assembleias alvito a 27 de Maio de 2013 às 23:04
digas isso. É u Super-Chefe de Alvito, domina tantas matérias.Dá conta de tudo, mas não dá pra tudo, essas das atas atrasadas tem piada, ele diz que não foi ele o problema, foi dos erros.
Léi alvitos a 28 de Maio de 2013 às 14:06
Código da Oferta: OE201305/0330
Tipo Oferta: Procedimento Concursal Comum
Estado:
Activa
Nível Orgânico:
Câmaras Municipais
Órgão/Serviço:
Câmara Municipal de Alvito


Vínculo:

CTFP por tempo indeterminado



Regime:

Carreiras Gerais



Carreira:

Assistente Técnico



Categoria:

Assistente Técnico



Grau de Complexidade:

2



Remuneração:

O posicionamento remuneratório será objeto de negociação com a entidade empregadora.



Suplemento Mensal:

0,00 EUR



Caracterização do Posto de Trabalho:

Para além das funções de natureza executiva, de aplicação de métodos e processos, com base em diretivas bem definidas e instruções gerais, de grau médio de complexidade, nas áreas de atuação comuns e instrumentais e nos vários domínios de atuação dos órgãos e serviços constantes do anexo à Lei nº 12-A/2008, de 27/02, cabe-lhe ainda, entre outros: Arquivar a documentação, organizando-a em função do tipo de assunto ou do tipo de documento, respeitando regras e procedimentos de gestão documental em vigor;- Efetuar o pedido de material, preenchendo requisições ou outro tipo de documentação, com vista à reposição de faltas e verificar a sua conformidade aquando da sua receção; Identificar e utilizar as aplicações informáticas específicas da organização; Assegurar a prática dos atos administrativos inerentes aos processos de pedidos de transporte; Distribuir e monitorizar os serviços dos motoristas, agenda e envia resposta de pedidos de transporte, marca inspeções de veículos e tacógrafos, verifica e assegura a validade dos seguros, emite pedidos para requisições relacionadas com o serviço; Proceder aos registos de todos os dados referentes ao funcionamento das viaturas afetas ao serviço, nomeadamente combustíveis, quilómetros, horas trabalhadas, custos de materiais, entre outros dados.
concursos pessoal camara alvito 1 a 29 de Maio de 2013 às 13:54

Código da Oferta:

OE201305/0329



Tipo Oferta:

Procedimento Concursal Comum



Estado:

Activa



Nível Orgânico:

Câmaras Municipais



Órgão/Serviço:

Câmara Municipal de Alvito


Nível Orgânico:

Câmaras Municipais



Órgão/Serviço: Câmara Municipal de Alvito
Vínculo:CTFP por tempo indeterminado
Regime: Carreiras Gerais



Carreira:

Assistente Técnico

Vínculo:

CTFP por tempo indeterminado
Caracterização do Posto de Trabalho:

Para além das funções de caráter manual ou mecânico, enquadradas em diretivas gerais bem definidas e com graus de complexidade variáveis e de execução de tarefas de apoio elementares, indispensáveis ao funcionamento dos órgãos e serviços, podendo comportar esforço físico, constantes do anexo à Lei nº 12-A/2008, de 27/02, cabe-lhe ainda, entre outros, executar trabalhos oficinais no âmbito do apoio à atividade da câmara municipal, participar em trabalhos no exterior integrando equipas de construção ou conservação, estudar, analisar e preparar a peça a ser fabricada ou reparada, identificando dimensões, tolerâncias e formas dos elementos a executar. Fabricar, montar peças ou parte de peças de acordo com os desenhos, fichas de trabalho ou esquemas de montagem; Cortar e desbastar o material; Reparar estruturas metálicas danificadas ou deterioradas, desmontando, cortando e substituindo os elementos a reparar, respeitando as suas dimensões, tolerâncias, formas, materiais e outras especificações.
concurso 2 a 29 de Maio de 2013 às 13:56

Órgão/Serviço: Câmara Municipal de Alvito
Vínculo: CTFP por tempo indeterminado
Regime: Carreiras Gerais
Carreira: Assistente Técnico
Para além das funções de natureza executiva, de aplicação de métodos e processos, com base em diretivas bem definidas e instruções gerais, de grau médio de complexidade, nas áreas de atuação comuns e instrumentais e nos vários domínios de atuação dos órgãos e serviços constantes do anexo à Lei nº 12-A/2008, de 27/02, cabe-lhe ainda, entre outros: Assegurar o serviço de acolhimento, as refeições e o prolongamento do horário dos alunos do pré-escolar, durante o período letivo, bem como desenvolver atividades para os períodos de interrupções letivas; Manter a higienização do espaço; Assegurar e executar as planificações em conjunto com as educadoras.
concurso 3 a 29 de Maio de 2013 às 13:59
Câmara Alvito concurso tecnico superior de desporto

https://www.bep.gov.pt/pages/oferta/oferta_detalhes.aspx?CodOferta=30353

Para além das funções de estudar, planear, programar, avaliar e aplicar métodos e processos de natureza técnica e/ou científica, que fundamentam e preparam a decisão; Elaborar, autonomamente ou em grupo, pareceres e projetos com diversos graus de complexidade e executar outras atividades de apoio geral ou especializado nas áreas de atuação comuns, instrumentais e operativas dos órgãos e serviços; Exercer estas funções com responsabilidade e autonomia técnica, ainda que com enquadramento superior qualificado; Representar o órgão ou serviço em assuntos de sua especialidade, tomando opções de índole técnica, enquadradas por diretivas ou orientações superiores constantes do anexo à Lei nº 12-A/2008, de 27/02, cabe-lhe ainda: Ser responsável pela manutenção de equipamentos desportivos municipais, bem como orientar e supervisionar todas as atividades e funcionamento dos mesmos; Planear, organizar e gerir atividades desportivas realizadas anualmente pelo município; Coordenar, orientar e supervisionar as atividades no âmbito das atribuições e competências do Desporto, Associativismo e Lazer; Distribuir o trabalho pelos trabalhadores adstritos ao setor; Coordenar, orientar e executar os procedimentos e ações de apoio administrativo; Fomentar o intercâmbio de jovens a nível intermunicipal e nacional; Estimular e apoiar o associativismo; Estabelecer a ligação entre o município e o movimento associativo local de harmonia com o Regulamento de Municipal de apoio ao associativismo.


conscurso 5 a 29 de Maio de 2013 às 14:03
Diário da República, 2ª Série, nº 103 de 29 de maio de 2013
Texto Publicado em Jornal Oficial:

Para efeitos do disposto no artigo 19.º da Portaria n.º 83-A/2009, de 22 de janeiro, alterada e republicada pela Portaria n.º145-A/2011, de 6 de abril, conjugado com o art.º 50.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de fevereiro, adaptado à Administração Local pelo Decreto-Lei n.º 209/2009, de 3 de setembro, uma vez que não se encontram constituídas reservas de recrutamento interno, bem como foi consultada a Entidade Centralizada para a Constituição de Reservas de Recrutamento (ECCRC) nos termos do artigo 4º da Portaria, tendo a mesma informado por e-mail datado de 07.03.2013 que: “Não tendo, ainda, decorrido qualquer procedimento concursal para constituição de reservas de recrutamento, declara-se a inexistência, em reserva de recrutamento, de qualquer candidato com o perfil adequado, torna-se público que de acordo com a deliberação da Câmara Municipal de 10 de abril de 2013 e da Assembleia Municipal de 19 de abril de 2013, se encontram abertos, pelo prazo de 10 dias úteis, após publicação do presente aviso no Diário da República, os seguintes procedimentos concursais comuns, na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado, mediante recrutamento excecional, nos termos do artigo 10.º, n.º 2 da Lei n.º 12-A/2010, de 30 de junho, para preenchimento dos seguintes postos de trabalho, previstos e não ocupados no mapa de pessoal desta Câmara Municipal:
REF A – Assistente Operacional na área de Serralharia Civil (1 posto de trabalho);
REF B – Assistente Técnico na área de apoio Administrativo à Gestão de Frotas e Parque Auto (1 posto de trabalho);
REF C – Assistente Técnico (CAF) na área de acolhimento, refeições e prolongamento do horário dos alunos do pré-escolar (1 posto de trabalho);
REF D – Assistente Técnico na área de apoio Administrativo à Gestão Escolar (2 postos de trabalho);
REF E – Assistente Técnico na área de Contabilidade (1 posto de trabalho);
REF F – Técnico Superior na área de Desporto (1 posto de trabalho);
REF G - Técnico Superior na área de Animação/Educação (1 posto de trabalho).

Toca a concorrer para alvito 7 empregos a 29 de Maio de 2013 às 14:09
Assim sim, o país prepara-se para despedir e a Câmara com passes de mágica abre 8 lugares para o quadro (sem termo)

De facto há executivos que fazem milagres!!!

Concursos:
-assistente operacional na área da serralharia civil;
-assistente técnico na área de apoio administrativo à gestão de frotas e parque auto;
- assistente técnico na área de acolhimento, refeições e prolongamento de horário dos alunos do pré-escolar;
- 2 assistentes técnico na área de apoio administrativo à gestão escolar;
- assistente técnico na área de contabilidade;
- técnico superior na área de desporto;
- técnico superior na área de animação/educação.

http://www.cm-alvito.pt/FileControl/Anexos/concursos_cma2013.PDF
Milagre em Alvito a 29 de Maio de 2013 às 22:22
É já a campanha eleitoral no seu maior nível, ganhar votos de uma forma pouco transparente...estas ajudinhas vêm mesmo a calhar!E quem ajudam????
Esta CMA tem gente a mais e por isso nada fez neste mandato e agora quer meter pessoas , será que é para agora fazer alguma coisa? Os que lá estão para que servem, se são mais que as mães que se atropelam uns aos outros??? Não terão competência? Em média existe mais gente na câmara do que no concelho... isto com a CDU é uma maravilha, ou melhor, è a Alice no país das maravilhas!
Anónimo a 30 de Maio de 2013 às 09:45
E VIVA O REGABOFE NA CÂMARA DE ALVITO. VIVA
C U I D A D O C O M O V A L É R I O E C O M O B A T A T A.

Estão muito enganados.
O Valério engana muita gente. O Batata serve de balão de encher.
Ele só quer é ser presidente da Camara. O resto é paleio.
Os irmãos do batata dizem que vão dar capote. O da música fica de grande. Se nada faz, menos vai fazer. O Demis Russos vai ser o informador, tipo PIDE.
A Natália pode ter muitos defeitos e o mexedeira, mas não andam a cantar vitória.
Enfim é o que temos no Conselho.
Anónimo a 30 de Maio de 2013 às 19:28

O economista César das Neves escreve que “todos os envolvidos” na dívida “terão de suportar algum custo”.

"A nossa dívida, das maiores do mundo, nunca poderá ser paga", defende o economista João César das Neves, num artigo de opinião publicado hoje no Diário de Notícias.

Segundo o professor universitário, a maior parte da dívida não é do Estado. "Todos participámos na loucura dos últimos 20 anos; não apenas os políticos", sublinha César das Neves, acrescentando que "as maiores responsabilidades são dos dirigentes, mas o povo não foi só vítima inocente de uma festa de que gozou durante décadas".

"A culpa até é dos credores, que alimentaram a mesma loucura", continua o economista.

Assim, defende, "todos os envolvidos terão de suportar algum custo, devendo encontrar-se uma partilha razoável". Para isso, diz César das Neves, Portugal "não deve fazer de galaró arrogante, repudiando o débito ou exigindo renegociações". "Prudente é uma atitude serena e negociada, mostrando que estamos a assumir culpas e suportar sacrifícios", defende o professor universitário.

Estas são verdades "incómodas" que "muitos tentam esconder", sublinha.

Para o economista, os reformados, que hoje estão "entre os críticos mais vociferantes", "não descontaram o suficiente para as reformas que agora gozam", pelo que não faz sentido protestar contra os cortes anunciados pelo Governo "como se fosse um roubo nos montantes acumulados". As actuais pensões são pagas pelos descontos dos actuais trabalhadores, lembra o economista.

"Se alguém pode dizer-se roubado, não são os actuais pensionistas, mas os nossos filhos e netos, que suportarão as enormes dívidas dos últimos 20 anos, e não apenas na Segurança Social".
E esta, hem!? a 27 de Maio de 2013 às 16:37
Parece-me que dizer que somos todos responsáveis é a melhor forma de nos tornar todos irresponsáveis, principalmente os mais responsáveis. E estes são, sem sombra de dúvida os credores, pela promoção das facilidades que fizeram da concessão de crédito sem garantias mínimas, e os políticos que possibilitaram e facilitaram isso.
Com isto não pretendo retirar a cada um de nós, por termos valorizado a função de consumidores em prejuízo da de cidadãos. Embora, também aqui, não se possa deixar de assacar responsabilidades daqueles.
Zé LG a 27 de Maio de 2013 às 21:19
Grupos Desportivos do concelho = Serviço Público ; e Clube de Pesca =Serviço a si Próprio. Provavelmente a diferença de subsídios tem a ver com nível de competições em que entram e com os local onde as mesmas se realizam. Certamente que não têm a ver com a formação de atletas ou com os gastos com treinos. Quando ás cegas,se igualizam critérios, os regulamentos levam a isto.
IREGULAMENTAR a 28 de Maio de 2013 às 23:07
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
25
26
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
O Oliveira foi sacudido ainda antes das eleicoes.
Só espero que tem dinheiro para receber não veja i...
O acolhimento politico e pessoal do executivo às i...
Como foi possível proceder a um aumento salarial c...
O vereador que não fazia parte do CA da EMAS é que...
P'ra parceiros até que não se dão mal!
O novo executivo tomou posse há um mês, depara-se ...
Isso foi já com a máquina do alcatrão ou essa foi ...
Então o picado assume que usam a Emas para fazer r...
O vitor, se optasse pelo silêncio ganhava mais.
Estava tão bem que a dias das eleições ...
Então mas não estava tudo bem?
Por cá temos uma colecção de personagens que conse...
É a mesma pessoa! o eng.º José Velez ex-vereador d...
Excelente debate que já há bastante tempo se impun...
blogs SAPO