Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
31
Ago 17

FeiraDaLuxMontemor2017.jpg

 Ver PROGRAMA.

publicado por Zé LG às 23:57
31
Ago 17

083.JPG

publicado por Zé LG às 23:33
31
Ago 17

cubaCARTAZ_FEIRA_ANUAL_SITE.jpg

publicado por Zé LG às 12:48
31
Ago 17

Centro Histórico de Beja: Decrépito, prédios a ruir e cheio de carros

CH Beja.jpeg

Será necessário criar um “gabinete” do centro histórico para saber, definir e criar um programa de requalificação de todo o centro histórico?
Um dos problemas de falta de reaproximação dos bejenses à cidadeé o desleixo e abandono a que tem sido submetido o centro histórico, baixando a autoestima e o carinho de quem cá vive tem pela cidade. Alguns projetos têm sido desenvolvidos, mas são casos pontuais, que não chegam para mudar a "cara" da zona antiga da cidade. Para tal, é fundamental um plano vigoroso e vasto de reabilitação e recuperação do centro histórico, e aproveitar o facto do turismo e o Alentejo estarem na “moda”, tornando-se ano após ano um dos grandes postais turísticos nacionais.

 

publicado por Zé LG às 08:43
30
Ago 17

280820171837-351-Min.jpg

Foram assinados os autos de consignação do novo subsistema, que inclui o recurso à água da Albufeira da Magra (que integra a rede de Alqueva) e a construção de uma ETA, junto ao Reservatório do Estácio que contém uma reserva estratégica capaz de abastecer a cidade durante 15 dias.

João Rocha, presidente da Câmara Municipal de Beja, mostra-se feliz com um investimento que vai melhorar a qualidade da água no concelho.

O presidente da Águas de Portugal, João Nuno Mendes, referiu as vantagens de ligar pequenos sistemas a Alqueva. O mesmo responsável sublinha ainda a importância do cumprimento dos prazos destas obras de “larga escala”.

Joaquim Marques Ferreira, presidente da Águas Públicas do Alentejo, enumerou alguns dos investimentos já realizados e avançou que o Sistema Guadiana Sul vai avançar “a muito breve prazo”, abrangendo os concelhos de Serpa, Moura, Mértola e Barrancos.

O Secretário de Estado do Ambiente referiu que as intervenções vão atrair investimentos e “gente qualificada” para a região.

No total, os investimentos no concelho são de 11 milhões de euros. Na região, a Águas Públicas do Alentejo vai investir até 2020 180 milhões de euros.

Ler e ouvir também AQUI.

publicado por Zé LG às 09:19
29
Ago 17

Barrancos.jpg

publicado por Zé LG às 23:45
29
Ago 17

É muito significativo o facto de nenhuma das forças políticas em condições de disputar as autarquias no distrito de Beja ter abordado com a devida seriedade, a importante matéria que é a Saúde. Por que nível de cuidados se irão bater, que responsabilidades estarão dispostas a assumir. Até parece que fogem do assunto. Estamos em 2017, meus senhores! Ainda vêem as tarefas das autarquias como há quarenta anos?

Anónimo a 28 de Agosto de 2017 às 22:50, AQUI.

publicado por Zé LG às 22:43
28
Ago 17

140820171653-740-CDUeleiesautrquicas.jpg

Ao contrário de há quatro anos, a CDU não conta com alguns dos factores que terão contribuído para a sua vitória eleitoral em Beja, entre os quais se podem referir: 1 - tentava recuperar um Município que tinha perdido pela primeira vez nas eleições anteriores, o que uniu e mobilizou (quase) todo o seu eleitorado; 2 – contou com intervenção activa de figuras importantes como a do antigo presidente da Câmara, Carreira Marques, que foi o mandatário da candidatura e atenuou algumas limitações evidentes do candidato, e de Rodeia Machado, que chegou a ser apontado como putativo candidato e homem forte na Assembleia Municipal, que entretanto “desapareceram”…; 3 – contou com figuras como a do, entretanto falecido, presidente da ACOS, Castro e Brito, e do antigo Governador Civil de Beja e presidente do NERBE, Luís Serrano, que mobilizaram muitos eleitores da direita a votarem em João Rocha; 4 -  João Rocha foi apresentado como um autarca experiente e combom trabalho feito em Serpa, tendo sido praticamente ignoradas algumas suas características que agora são fortemente criticadas; 5  – agora, existe uma experiência e um conhecimento por parte dos trabalhadores da Autarquia e do eleitorado, que lhes permite fazer uma avaliação mais crítica do que há quatro anos; 6 – as listas da CDU, com algumas excepções, parecem ter recorrido mais a pessoas do PCP e da própria Autarquia.

Algumas outras razões podiam ser apresentadas, mas parece-me que as referidas são suficientes para mostrar que a CDU não deve embandeirar em arco e dar as eleições como vencidas antecipadamente, subestimando os adversários, designadamente o PS, que, sem grandes alaridos tem vindo a fazer a sua campanha. Para além de um ou outo tiro nos pés, a candidatura do PS mostrou coragem ao ser a única que promoveu debates temáticos e ao anunciar como palavras-chave ”Recuperar, Valorizar e Promover” e abertura e mobilização das suas listas de candidatos. É óbvio que não lhe chega dizer que vai fazer diferente e melhor. Terá de dizer também o que se propõe fazer em concreto, o que já tarda…

publicado por Zé LG às 09:38
27
Ago 17

gttt.jpg

Por iniciativa de uma associação cívica alentejana, a Alentejo de Excelência, a cidade de Évora vai passar a integrar um movimento mundial de empreendedores e de organizações cívicas empenhadas em divulgar "soluções de negócios verdes que combatam as alterações climáticas" e capacitar os "eco-empreendedores".

Estamos a falar da Global Week of Green Business and the Climate Movement, que existe desde 2015 e que integra agora Évora, a par de Paris, Berlim, Tóquio, Cidade do Cabo, Lisboa, Barcelona, Sevilha, Santiago do Chile, Oviedo, Rabat, Panamá, Medellin ou Atenas, entre outras.

Este movimento, através das suas iniciativas procuram criar uma rede de empreendedores ecologicamente responsáveis e empenhados em implementar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e do Acordo de Paris.

A Alentejo de Excelência está a preparar um encontro sobre o tema e que decorrerá entre 16 a 22 de Outubro.

publicado por Zé LG às 15:21
27
Ago 17

unnamed_52.jpg

Produzir produtos agrícolas alimentícios e medicinais na Medicina Tradicional Chinesa; preservar patrimónios não-materais reconhecidos pelo Unesco, criar uma base logística tendo como centro Portugal e com ramificações que abranjam a União Europeia, América do Sul e África; proporcionar a formação a investidores chineses.

Eis alguns dos objectivos do futuro “European Global Commodity Services Centre” a instalar-se em Elvas, resultado de investimento chinês da "Prospect Time International Investiment" e cujo memorando de entendimento foi ontem assinado entre Nuno Mocinha, presidente do município de Elvas e Chen Chunsheng, representante da empresa de investimentos.

O projeto vai ser implementado em Vila Fernando, nas instalações do antigo Centro Educativo, numa área de 100 hectares”, afirmou Nuno Mocinha, acrescentando que “hoje se deu corpo ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido para readaptar o espaço que se encontra abandonado há anos, com o objetivo de dar-lhe vida”.

A primeira fase da implementação do projeto passa pela delineação do Plano de Pormenor, em conformidade com o Plano Diretor Municipal de Elvas, para a construção, em conjunto, do European Global Commodity Service Centre e do Parque Natural de Zonas Húmidas.

publicado por Zé LG às 10:13
27
Ago 17

da-1.jpg

publicado por Zé LG às 00:51
tags: , ,
26
Ago 17

240820171713-583-Pises.jpg

Plano de Acção para a Vila Romana de Pisões assenta em três eixos de acção.

Investigação e desenvolvimento, valorização patrimonial e divulgação e formação são as premissas do protocolo assinado ontem pela Câmara de Beja, a Universidade de Évora e a Direcção Regional de Cultura.

Depois da fase de recuperação e da prevista reabertura ao público, está equacionada a criação naquele local de um Campo Experimental para as Arqueociências e Ciências do Património.

João Rocha, presidente da Câmara de Beja, mostrou-se surpreendido pelo trabalho realizado nos últimos meses em Pisões e sublinhou a “firme vontade” da autarquia em valorizar o património do concelho.

O autarca revelou que vão ser também desenvolvidos trabalhos arqueológicos na Praça da Republica.

A Directora Regional de Cultura fala “num novo ciclo” para este Monumento de Interesse Público. Ana Paula Amendoeira considera que o Plano de Acção “cumpre aquilo que é essencial para Pisões”, nomeadamente o seu estudo “sistemático e rigoroso”.

O financiamento do Plano de Acção está a ser alvo de várias candidaturas. Uma delas já foi aprovada, revela Ana Costa Freitas, Reitora da Universidade de Évora. 

Ler e ouvir também em: 

http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=13079

publicado por Zé LG às 10:12
25
Ago 17

220820171645-544-Alvito.jpg

Já se iniciaram as obras de requalificação da Escola Básica e Jardim de Infância de Alvito.

A intervenção consiste na criação de uma área coberta de recreio. A nova zona vai “garantir um espaço protegido para as crianças durante os períodos climatéricos mais agrestes de chuva, vento e frio”, refere a Câmara Municipal de Alvito.

A intervenção está orçada em cerca de 80 mil euros.

António João Valério, presidente da Câmara Municipal de Alvito, fala num investimento há muito aguardado pela comunidade escolar.

As obras devem estar concluídas no início do ano lectivo.

publicado por Zé LG às 18:49
25
Ago 17

2017_festa_avante_cartaz.jpg

 Ver em: http://www.festadoavante.pcp.pt/2017/artistas#

publicado por Zé LG às 15:54
tags: ,
25
Ago 17

CartazFinal_FAgo__17-01_1_760_2500.png

publicado por Zé LG às 15:28
24
Ago 17

20374628_10210292559773491_6745465675235115771_n.j

publicado por Zé LG às 18:30
24
Ago 17

«Centro Histórico

grua.jpg

JPV - portas de mertola, mouraria, projecto e início de obra do Centro de Arqueologia e Artes, projectos e parte de obra de edifícios da R do Sembrano, remodelacao da rede de águas, entre outras
JR - demolição do depósito, destruição do pavimento da Pr da República, Parque Vista Alegre, não conclusão em 4 anos da obra do CAA iniciada no antigos mandato e que foi afirmado iria terminar em 8 meses c o financiamento Jessica, entre outras

 

publicado por Zé LG às 13:49
24
Ago 17

primage_20405.png.jpg

"A Câmara Municipal de Beja, dando resposta a uma necessidade sentida pelos moradores do Bairro dos Moinhos, manifestada através da Associação de Moradores do Bairro dos Moinhos, deu início à construção de novas instalações de apoio ao polidesportivo existente, que permita o desenvolvimento das atividades sócio-culturais e desportivas desta zona da cidade.

A empreitada adjudicada a Manuel Dias Garcia Lopes, no valor de 33.140€ IVA, teve início esta semana e prevê a construção de uma sala de reuniões, arrecadação e instalações sanitárias até ao final de outubro."

Recebido por email de: Câmara Municipal de Beja | Gabinete de Comunicação Integrada

publicado por Zé LG às 12:45
24
Ago 17

230820171710-670-runas-romanas-pises-peristilo.jpg

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Beja recebe, às 10.30 horas, a cerimónia de assinatura de um Protocolo de Colaboração para a Salvaguarda e Gestão da Vila Romana de Pisões.

O documento vai ser assinado pelo Presidente da Câmara Municipal de Beja, Reitora da Universidade de Évora e Directora Regional de Cultura do Alentejo.
A cerimónia inclui também uma sessão de apresentação do projecto de conservação e gestão para Pisões, por Bento Caldeira, da Universidade de Évora.

 

Mais vale do que nunca. Só faltam cinco semanas… Porque não passam a realizar eleições todos os os anos?...

publicado por Zé LG às 08:53
23
Ago 17

A Amcal está a promover um projeto-piloto de recolha de resíduos porta-a-porta em Alvito. Como surge este projeto, com que objetivos e qual o investimento?

FernandoCurado-1843.jpg

O Plano de Ação de Resíduos da Amcal prevê a implementação da recolha seletiva porta a porta nos seus cinco municípios associados. Prevê ainda que esta ação se desenvolva de 2016 a 2020, com um investimento aproximado de dois milhões de euros. A execução desta ação no concelho de Alvito exige um investimento aproximado de 390 mil euros, comparticipado pelo Poseur, compreendendo a elaboração de um estudo, campanhas de informação e sensibilização e a aquisição de uma viatura e seis mil contentores domésticos.

Leia o resto desta entrevista de Nélia Pedrosa a Fernando Curado, Secretário-geral da Amcal – Associação de Municípios do Alentejo Central, AQUI.

publicado por Zé LG às 13:52
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Pagou o ex-presidente Dr. João Rocha
A “remoção é da responsabilidade das entidades que...
A lei geral não estipula prazo para a remoção da p...
A máquina está "montada" e o caminho será dificil ...
Continuam ressabiados e mesquinhos disparando em t...
E os cartazes e outdoors d campanha...ficam até qd...
Chama-se a isto a "dança das cadeiras", que na Pro...
E fez muito bem! Ia ficar com o Gabinete de JR ora...
Esta cidade sempre foi assim de gostar de queimar ...
As que rodeavam o PA eram todas giras. Agora as qu...
O que marca efectivamente o mandato de JR foi a at...
Tanta língua venenosa... Não se mordam, senão morr...
Substituem as do jr!
Não é muito difícil adivinhar quem pagou?
blogs SAPO