Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
30
Set 14

Fez ontem um ano que se realizaram as eleições autárquicas. Um ano decorrido sobre a eleição dos actuais autarcas, seria interessante recolher aqui opiniões sobre o que, entretanto, mudou para melhor e para pior. É esse o desafio que vos lanço.

publicado por Zé LG às 08:47
30
Set 14

publicado por Zé LG às 01:05
29
Set 14

Os alunos com necessidades educativas especiais (NEE) parecem invisíveis para o governo e para os mega-agrupamentos escolares, principalmente no início do ano lectivo.
O governo e os responsáveis dos mega-agrupamentos escolares não os devem ver, porque não informam os pais e encarregados de educação se lhes vão ser concedidos apoios nem quando estes vão começar nem lhes atribuem horários desses apoios.
Duas semanas depois de terem começado as aulas, andam na e pela escola como se não necessitassem de cuidados especiais. Se não fossem os responsáveis, os professores e demais pessoal das escolas não sei o que poderia acontecer-lhes. Ficam depositados aos magotes nas salas de apoio que lhes são destinadas à guarda de apenas um auxiliar educativo, vão tomar as refeições em grupo acompanhados igualmente de apenas um auxiliar educativo... E se e quando algum deles tem uma crise que necessite de atenção exclusiva desse auxiliar o que acontece aos outros, ficam entregues a si mesmos?!...
Escolas que já foram modelos da inclusão destes alunos vêem-se agora a braços com todas estas dificuldades: atraso na colocação de professores de ensino especial, terapeutas e pessoal auxiliar e sua colocação em números insuficientes.
Por tudo isto, não podemos deixar de nos comover quando uma professora, no dia da recepção do novo ano lectivo, propôs um louvor a toda uma turma pela forma como acolheu e tratou os colegas “especiais” e todos os alunos e pais responderam com uma salva de palmas, que também lhe foi dedicada, como é evidente.
A professora explicou na altura que se os alunos sem necessidades educativas especiais se comportaram exemplarmente com os que têm essas necessidades, também eles muito beneficiaram com o convívio com estes, porque aprenderam a ser pessoas melhores pelos valores que apreenderam melhor.

Quando é que estes alunos "especiais" deixam de ser invisíveis para quem decide e passam a ter os apoios a que têm direito? Trata-se de cumprir DIREITOS e não de fazer favores, como alguns decisores parecem entender o que está em causa.

publicado por Zé LG às 00:10
28
Set 14

Os militantes e simpatizantes do PS vão hoje votar para escolher qual dos António’s – Costa ou Seguro -, preferem que seja candidato a primeiro-ministro.

Parece-me uma tarefa difícil, não só pelo que (não) os distingue mas, fundamentalmente, pelas garantias que (não) dão para que - se algum deles vier a ser primeiro-ministro -, venham fazer muito de diferente, para melhor, do que os anteriores e o actual primeiro-ministro.

Não faço parte dos que vão fazer essa escolha, mas, porque o debate foi público, tenho algumas opiniões sobre os oponentes - pareceram mais inimigos do que adversários e muito mais do que apenas concorrentes, que é o que se esperava que fossem.

Nunca simpatizei muito com Seguro, porque sempre me pareceu um pouco frouxo e demasiado comprometido com o aparelho, com o que isso pode significar de pior e pouco virado para a esquerda. Mas gostei de algumas posições e propostas que defendeu durante ao governação de Sócrates e o chegar-se à frente quando outros se encolheram.

Simpatizava mais com Costa, por ser mais empático, parecer mais claro e mais à esquerda. Enquanto ministro das Autarquias não deixou saudades, porque fez aprovar da legislação que mais as prejudicou. Hesitou em avançar nalguns momentos em que esperavam que o fizesse.

Os debates não ajudaram a esclarecer muito, nem sobre as propostas que têm para o país (e das poucas que apresentaram algumas era melhor não as terem), nem sobre o que os distingue, designadamente o que pode fazer de cada um melhor candidato e melhor primeiro-ministro, se o PS vier a formar governo.

Ao contrário, julgo que os debates deixaram-nos uma pior imagem de qualquer deles do que a pior que podíamos ter antes deles.

Assim sendo e admitindo que estas minhas dúvidas possam ser partilhadas por parte do seu universo eleitoral, estou curioso como este se vai comportar: Que percentagem vai votar, maior entre militantes ou simpatizantes, e qual o sentido de voto de uns e de outros.

Julgo que será um pouco à volta da interpretação destes resultados que se poderá perspectivar melhor o futuro do PS, eventualmente dos partidos em geral e do país.

publicado por Zé LG às 00:32
28
Set 14

In: http://www.atalaiaartes.tk/

publicado por Zé LG às 00:17
27
Set 14

A DORBE do PCP aprovou o projecto de Resolução Política da 8ª Assembleia de Organização Regional de Beja do PCP que vai decorrer, a 16 de Novembro, no Cineteatro Municipal de Castro Verde.   

Sob o lema “Um PCP mais forte! Com os trabalhadores e o povo - Organizar, intervir, lutar!” o documento vai, a partir de inícios de Outubro, estar disponível em todas as organizações do partido, nos 13 concelhos abrangidos pela DORBE.

In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=3917  

e http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=5080

publicado por Zé LG às 23:41
27
Set 14

publicado por Zé LG às 00:05
tags: , ,
26
Set 14

publicado por Zé LG às 23:57
tags: , ,
26
Set 14


publicado por Zé LG às 23:51
26
Set 14

O “Por Beja com Todos” divulgou os contributos que entregou para o Plano de Actividades de 2015 do Município de Beja, apresentando algumas das propostas constantes do programa eleitoral elaborado pelo movimento, nas autárquicas de 2013.

Nas medidas sugeridas estão, entre outras, o reforço dos programas de refeições escolares, a elaboração de um programa de manutenção, reparação e melhoramento da rede viária, a ampliação progressiva da rede de transportes públicos, o lançar de um projecto concelhio de promoção da actividade física e desportiva, o apoio às freguesias no desenvolvimento dos seus próprios projectos, e a promoção de um referendo local relativo à reorganização administrativa.

O “Por Beja com Todos” apresenta, para além das propostas que já identificamos, um vasto conjunto de sugestões, divididas pelos sectores da Educação, Ensino Superior e Investigação Científica e Saúde.

Lopes Guerreiro, do “Por Beja com Todos”, assegura que as propostas efectuadas não têm grande impacto económico nos cofres da autarquia, à excepção da que diz respeito à manutenção, reparação e melhoramento da rede viária, que na opinião do movimento deve ser feita em conjunto com as freguesias.

No final, Lopes Guerreiro referiu que o “Por Beja com todos” se coloca à disposição da Câmara Municipal para apoiar na implementação destas medidas, bem como de outras em que a sua participação seja solicitada.

Ler e ouvir em: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=3940

publicado por Zé LG às 08:51
25
Set 14

O Movimento “Por Beja com Todos” apresentou um conjunto de contributos para o Plano de Actividades de 2015 da Câmara Municipal de Beja.

O Movimento aponta como “urgente” uma série de propostas que passam pelo reforço das refeições escolares “de acordo com as necessidades mais sentidas, incluindo o fornecimento de pequeno-almoço e lanche”.

Por outro lado sugere a elaboração de um programa de manutenção, reparação e melhoramento da rede viária; a ampliação da rede de transportes públicos a todo o concelho; uma análise correcta de custos para cobrança do preço justo dos serviços municipais prestados e o lançamento de um projecto concelhio de promoção da actividade física e desportiva.

O Movimento propõe ainda o apoio às freguesias no desenvolvimento dos seus próprios projectos culturais e desportivos; a promoção de um referendo local relativo à reorganização administrativa do concelho e o trabalho directo com as empresas.

Lopes Guerreiro, coordenador do Movimento, deixou na Rádio Pax as propostas apresentadas, que pode ouvir em: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=5099

publicado por Zé LG às 23:51
25
Set 14

Pensava que se tratava de um debate entre camaradas do mesmo partido que pretendem ser candidatos a primeiro-ministro (não há eleições para isso, mas isso é outra conversa) e, que por e para isso iam apresentar as suas ideias para o futuro de Portugal. Afinal népias de ideias, propostas nem vê-las... O que ali foram fazer era mais adequado para um ringue de qualquer luta suja, em que vale tudo, para derrotar o outro. A única preocupação dos dois foi demonstrar que o outro António é do piorio, pior que o Coelho (se tal é possível...), chamando-se de traidores para baixo e dizendo que não recebiam lições de moral um do outro. E foi neste ponto que me pareceram mais certeiros porque moral foi coisa que mostraram não abundar por ali.

Não será de confrontos destes que as pessoas estão à espera, quando andam preocupadas com o empobrecimento que voluntária e determinadamente este governo provocou ao país e à esmagadora maioria dos portugueses. Quando esperavam ouvir propostas, destes candidatos a primeiro-ministro, que devolvessem a esperança num futuro próximo melhor, assistiram a um churrilho de insultos – cada uma pior do que o anterior -, com o único objectivo de mostrar que o outro é pior ele, numa tentativa de assassinato mútuo de carácter em público, na TV...
Para concluir ao nível do debate: "Quem é que pode ir à caça com cães destes"?...

publicado por Zé LG às 21:14
25
Set 14

publicado por Zé LG às 19:15
25
Set 14

publicado por Zé LG às 18:00
25
Set 14

publicado por Zé LG às 13:50
24
Set 14

O júri da 17.ª edição do Prémio Literário Orlando Gonçalves – Modalidade de Jornalismo, constituído por Ana Goulart, representante do Sindicato de Jornalistas, José Fanha, representante da Sociedade Portuguesa de Autores, e João Grego Esteves, representante da Câmara Municipal de Amadora, distinguiu a reportagem “Apanha da Azeitona sob investigação”, da autoria de Bruna Soares, jornalista do “Diário do Alentejo”, com uma menção honrosa.
A reportagem, publicada a 13 de dezembro de 2013 no “Diário do Alentejo”, diz respeito ao combate ao trabalho não declarado e à exploração de trabalhadores.

In: http://da.ambaal.pt/noticias/?id=6387

 

publicado por Zé LG às 23:41
24
Set 14



publicado por Zé LG às 18:50
24
Set 14

A Direcção Regional de Beja do STAL- Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local, expressa a sua preocupação com os trabalhadores da Assembleia Distrital.  

O Sindicato apela “ao entendimento de todas as partes para que a resolução deste problema surja de forma célere e permanente, em que sejam salvaguardados todos os direitos dos trabalhadores”. O STAL assegura que “irá continuar a acompanhar empenhadamente todo este processo, estando como sempre ao lado dos trabalhadores para tudo o que estes entendam necessário na defesa do seu posto de trabalho”.

O STAL apela ainda à “luta dos trabalhadores da Câmara Municipal de Mértola, que continuam a efectuar um horário de 8 horas diário, apesar da assinatura do acordo colectivo de entidade empregadora pública entre a autarquia e o STAL, sendo a Câmara Municipal de Mértola a única câmara do Distrito a aplicar um horário de 40 horas semanais”.

In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=5077

publicado por Zé LG às 13:52
24
Set 14

Execução Orçamental

No decurso do primeiro semestre, o orçamento municipal obteve o seguinte desempenho:

- O grau de realização global das receitas foi de 32,49%, o que correspondeu a um montante de 11.001.358,90€;

- A despesa global atingiu uma taxa de execução de 29,94%, no valor de 10.516.870,63€;

- As Grandes Opções do Plano apresentaram um coeficiente de realização de 12,52%, o que correspondeu a uma execução financeira de 1.6528.543,67€.

Fonte: RELATÓRIO DE GESTÃO SEMESTRAL 2014 DO MUNICIPIO DE BEJA

publicado por Zé LG às 08:50
24
Set 14

publicado por Zé LG às 00:19
Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
E falem das pedreiras do presidente
Os comunas não querem desenvolvimento? Então tente...
Então afinal? Antes era porque eram empresas do no...
Cegueira política??? Ahahahah cegueira política te...
Não tenho nada a ver com política, e comento o seu...
Ah pois..o mal é esse..eles estão sempre a ver se ...
Há pessoas mesmo ridículas e ignorantes.Ainda rela...
Parece que está aos altos e baixos e torta...lá te...
Mais de 200 famílias? Onde dormem essas 200 famíli...
E os q n podem comprar essas casa ou alugar outras...
Não fiquei nervosos, vamos quem sai à rua de cabeç...
Que comentário mais nojento. Isto só revela o níve...
Esta pré-campanha está cá com uma "sustância"!...
Falta de habitação??? Então os prédios que param a...
E antes do Rocha sempre houve avtividades no Verão...
blogs SAPO