Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
30
Nov 12

Tendo em conta a importância atribuída à democracia participativa e os meios de que dispõe, o movimento “Por Beja com todos” convida todos os cidadãos do concelho de Beja a participarem na escolha dos principais candidatos aos órgãos autárquicos. Para tal, poderão durante o mês de Dezembro propor, através do e-mail do movimento (porbejacomtodos@gmail.com), nomes para candidatos a candidatos a presidente da Câmara Municipal, a presidente da Assembleia Municipal e a presidente da Junta de Freguesia, a apoiar pelo movimento “Por Beja com todos”.

Depois de, em Janeiro, os órgãos dirigentes do movimento terem seleccionado os nomes para candidatos a candidatos aos referidos órgãos autárquicos, com base nos critérios definidos, em Fevereiro poderão votar, através da Internet e, se possível com urna itinerante, naqueles nomes.

Depois daquela votação, os órgãos dirigentes do movimento selecionarão os nomes dos candidatos a apoiar pelo movimento “Por Beja com todos”, como cabeças das listas à Câmara Municipal, à Assembleia Municipal e à Assembleia de Freguesia, tendo em conta os resultados das votações, os critérios definidos e ouvidos os votados.

Os critérios a ter em conta na escolha dos candidatos, a apoiar pelo movimento “Por Beja com todos” serão: Vontade; Identificação com os princípios do movimento; Disponibilidade; Idoneidade; Competência; Experiência; Liderança; Trabalho de equipa; Capacidade para o diálogo; Conhecimento do concelho; Notoriedade / Reconhecimento e Simpatia.

publicado por Zé LG às 17:57
30
Nov 12

O auditório da Biblioteca Municipal José Saramago em Beja recebe, esta tarde, a partir das 18.30 horas, a apresentação do livro “Jogo de Janelas” da autoria de Francisco Ceia.

O autor constrói uma narrativa feita de muitas histórias e entrelaça e entretece a literatura com a poesia, num vocabulário rico pleno de ironia, de burlesco e de humor de fino recorte, relatando histórias de verdade, adocicadas de ficção literária, numa originalidade surpreendente.

publicado por Zé LG às 12:46
30
Nov 12

O deputado do PSD eleito por Beja, Mário Simões, no âmbito do roteiro “14 Semanas, 14 concelhos”, visita, hoje, o concelho de Alvito, onde estabelece contactos com o Grupo Desportivo e Cultural Baronia, a Sociedade Filarmónica Instrução e Recreio Vilanovense, o Centro Social e Paroquial de Vila Nova da Baronia, o Clube Natureza, a Associação do Grupo de Cante Coral Alentejano, a UCASUL–União Cooperativa Agrícola e ainda a Escola Profissional e a Pousada.

O roteiro pretende ser uma iniciativa de proximidade permitindo a Mário Simões ter uma visão mais concreta, real e pormenorizada da situação que se vive no distrito de Beja nas mais diversas perspectivas porque estão previstos contactos com empresas, instituições e populações.

publicado por Zé LG às 12:23
tags: , , ,
30
Nov 12

Gritou-se “mais um elefante branco!”, mais dinheiro público enterrado em obras sem sentido, eis porque estão as finanças lusas num estado lamentável. Coincidiu o encerramento do aeroporto com a fase inicial do Governo de Passos Coelho e com as diatribes contra o despesismo, público, putativo pai e mãe de todos os males da pátria lusa.

Agora, no preciso momento em que, a austeridade pela austeridade se revela um beco sem saída e a popularidade do Governo cai a pique, descobre-se que, afinal, a pista de Beja tem utilidade: as grandes companhias mundiais de logística precisam de pistas longas, situadas em zonas pouco povoadas e onde possam operar 24 horas por dia. Nesta perspetiva, Beja deixou de ser um elefante branco para se metamorfosear num cisne resplandecente.

Afinal havia aeroporto...

É assim que termina um texto de Rui Cardoso, intitulado “Era uma vez um aeroporto”, publicado aqui.

 

 

Ora, a mim parece-me que o Aeroporto de Beja não é um elefante branco, como uns gostariam, nem é um cisne resplandecente, como outros gostam de imaginar. É apenas um terminal aeronáutico, construído com um pequeno investimento, que permite aproveitar as excelentes pistas da Base Aérea e viabilizar a instalação de empresas do ramo aeronáutico. Se formos um pouco mais contidos nas manias de grandezas, talvez as nossas expetativas não saiam frustradas.

publicado por Zé LG às 08:36
30
Nov 12

publicado por Zé LG às 00:18
29
Nov 12

publicado por Zé LG às 23:45
29
Nov 12

Ao embuste, sustentado no cumprimento cego da austeridade que empobrece o País e é levado a efeito a qualquer preço, soma-se o desmantelamento de funções essenciais do Estado e a alienação imponderada de empresas estratégicas, os cortes impiedosos nas pensões e nas reformas dos que descontaram para a Segurança Social uma vida inteira, confiando no Estado, as reduções dos salários que não poupam sequer os mais baixos, o incentivo à emigração, o crescimento do desemprego com níveis incomportáveis e a postura de seguidismo e capitulação à lógica neoliberal dos mercados.

Perdeu-se toda e qualquer esperança.

No meio deste vendaval, as previsões que o Governo tem apresentado quanto ao PIB, ao emprego, ao consumo, ao investimento, ao défice, à dívida pública e ao mais que se sabe, têm sido, porque erróneas, reiteradamente revistas em baixa.

O Governo, num fanatismo cego que recusa a evidência, está a fazer caminhar o País para o abismo.

A recente aprovação de um Orçamento de Estado iníquo, injusto, socialmente condenável, que não será cumprido e que aprofundará em 2013 a recessão, é de uma enorme gravidade, para além de conter disposições de duvidosa constitucionalidade. O agravamento incomportável da situação social, económica, financeira e política, será uma realidade se não se puser termo à política seguida.

Ler mais:

http://expresso.sapo.pt/carta-aberta-a-passos-coelho-na-integra=f770322#ixzz2DcwwNuY7

publicado por Zé LG às 21:18
29
Nov 12

Ver PROGRAMA.

publicado por Zé LG às 17:54
29
Nov 12

publicado por Zé LG às 17:47
29
Nov 12

publicado por Zé LG às 17:35
29
Nov 12

As palavras serão sempre as palavras. E os trocadilhos que com elas podemos fazer são muitos e variados. Esticam para todos os lados que nós quisermos. E estão todos certos.
Agora há uma coisa que as palavras nunca poderão mudar ou mesmo esconder. A realidade dos factos. Pois essa permanece inalterável perante as palavras. Sejam elas quais forem.
Ora a realidade do Estado Social é que ele só poderá manter-se se houver dinheiro para tal.
E num país de que cada vez mais reformados, pensionistas e desempregados; em que todas as suas estruturas económicas foram há duas décadas quase destruídas em troca de patacos; que tem que importar 80% da sua alimentação; em que o ensino está vocacionado para formar doutores ou dar diplomas de cursos profissionais praticamente apenas em troca da frequência dos alunos. É difícil, muito difícil mesmo suportá-lo com os recursos disponíveis, e não se vislumbra grandes expectativas futuras nesse sentido.
Claro que é sempre possível enfiar a cabeça num saco, e fingir que não se percebe ou ignorar pura simplesmente a dura realidade dos factos.
E para isso servem e de que maneira, as palavras...

Comentário deixado por Bandarra, aqui, a 24 de Novembro de 2012 às 08:35.

publicado por Zé LG às 08:52
28
Nov 12

... todos os que ainda alimentavam a esperança do primeiro-ministro ter algo a apresentar que gerasse alguma esperança de que as coisas podiam começar melhorar em breve.

O problema de Passos Coelho e do seu governo não é de comunicação, como alguns tentam fazer crer numa tentativa desesperada de o defender. O problema é de política, da política de desmantelamento, pedra a pedra, do estado social, do trabalho com direitos, dos direitos civilizacionais que tanto custaram a conquistar.

Nesta entrevista à TVI, Passos Coelho limitou-se a reafirmar que persistirá nesta política de desastre nacional, continuando a agravar as já bastante más condições de vida de cada vez mais portugueses. Prova disso foi a afirmação de que iria despedir mais funcionários públicos, cortar mais nos salários e pensões e na educação, admitindo a criação de proprinas nos outros níveis de ensino.

Passos Coelho, ao contrário do que se arroga - desempenhar um papel histórico -, já perdeu o prazo de validade e passará à história como o pior primeiro-ministro da democracia portuguesa. E a responsabilidade não é apenas da pesada herança que herdou nem da conjuntura internacional desfavorável. É também e principalmente da política passadista que persiste em cumprir.

publicado por Zé LG às 23:46
28
Nov 12

publicado por Zé LG às 22:50
27
Nov 12

Quando, em vez de partidos, são movimentos de cidadãos a apresentar candidaturas, como acontece em eleições autárquicas, quase sempre esses processos são desenvolvidos tendo como referência o protagonista principal, quase sempre um autarca desavindo com o seu partido.

Raramente, embora haja alguns casos, as candidaturas independentes o são genuinamente e se desenvolvem de baixo para cima, de forma participada pela maioria dos que envolve e mobiliza.

… acho que seria de todo o interesse, quer para os partidos quer para a sociedade em geral, que a escolha dos seus candidatos às eleições resultasse de eleições primárias internas, a partir da apresentação de auto-candidaturas de todos os interessados.

Os candidatos (cabeças de listas) a candidatos teriam de apresentar e defender as suas motivações e as razões das suas candidaturas, as bases das equipas e as principais ideias e propostas que propunham concretizar se fossem eleitos.

Daqui resultariam, em meu entender: um compromisso maior entre os candidatos escolhidos e as organizações partidárias, que não apenas as suas direcções centrais; candidatos, equipas e programas eleitorais melhor preparados; maiores mobilizações e participações; mais qualidade e maior credibilidade da democracia, quer interna dos partidos, quer geral da sociedade.

Parte do texto que escrevi em 3.11.2008, publicado na Revista Mais Alentejo, nº 87, que pode ler na íntegra aqui.

publicado por Zé LG às 22:41
27
Nov 12

publicado por Zé LG às 12:54
27
Nov 12

E Beja a mãe de todas elas uma mão cheia de nada, não temos uma identidade, perdemo-la, apenas conhecidos por ser a capital da politiquice barata e da canelada, da inveja, do escárnio e mal dizer. Beja pouco tem já o que nos faça orgulhar de aqui viver e tristes aqueles que teimam em por cá querer fazer as suas vidas.
Beja capital das anedotas e do humor ... tristes aqueles que algum dia acreditaram...
E não vai com Revoltas por Beja e muito menos com Movimentos com e por todos, que se sabe muito bem de onde vêem...

eu a 26 de Novembro de 2012 às 17:13, aqui.

 

Beja tem potencialidades para ser do pão do trigo e de outras coisas se os cidadãos fizerem por isso e tem pessoas inteligentes e que sabem fazê-lo. Sé têm de deixar-se de intrigas que os dividem e unir-se em prol do concelho. O movimento do Beja Merece conseguiu atrair pessoas que não se esperava aderissem. Mas só a câmara ou outra entidade isolada consegue. Não é só criticando negativamente e sem apontar alternativa que vamos lá ou haverá outras soluções?

Antonio ze a 26 de Novembro de 2012 às 23:06, também aqui.

publicado por Zé LG às 08:51
27
Nov 12

Enquanto cidadão, assumo ter responsabilidades neste estado de coisas, designadamente pela prática de não ter exercido uma presença activa nas coisas da gestão da república. Tal como ainda muitos outros concidadãos o fazem, mesmo nesta situação de crise, sem remorsos, e despreocupadamente...
Por outro lado, rejeito sentir-me culpado por dívidas que não contraí, nem de usufruir de direitos que não mereça. Sempre vivi do meu trabalho, esforçado e honesto. Levo uma vida sem luxos. Porquê sentir alguma má consciência?
E quanto à sanha persecutória relativamente à dita classe política, diga-se que deles foi constantemente exigido, pelos eleitorados, que nos dessem um futuro a desfrutar a breve prazo, em que, para utilizar uma expressão das nossas raízes culturais, "corra o leite e o mel".
Portanto, as minhas dúvidas que também eles tenham a culpa toda...

Zé katango a 26 de Novembro de 2012 às 09:14, aqui.

publicado por Zé LG às 01:14
27
Nov 12


Ver aqui as razões.
publicado por Zé LG às 00:15
26
Nov 12

Apresentado pelo Executivo Municipal como “um espaço de diálogo organizado entre os representantes do poder local e os representantes da sociedade civil”, o Conselho Económico e Social tem hoje uma reunião, no Monte da Diabrória, para a qual foram  convidados cerca de 20 conselheiros.

Jorge Pulido Valente, presidente da Câmara de Beja, afirma que vão estar em cima da mesa matérias como o estado do concelho, a avaliação dos últimos 3 anos de mandato autárquico, as prioridades das empresas municipais, as Grandes Opções do Plano para 2013 e os impactos negativos da reprovação do PAEL – Programa de Apoio à Economia Local, pela Assembleia Municipal.

publicado por Zé LG às 08:57
26
Nov 12

O núcleo de Beja do Movimento Nacional Empresarial da Restauração (MNER) realiza, esta tarde, a partir das 16 horas, uma vigília em frente à sede da Distrital de Beja do PSD, na Praça da República. A iniciativa enquadra-se na Semana de Protesto que arrancou no dia 19 com a realização do “Dia Nacional sem Restaurantes”, que pretende alertar para as dificuldades que atravessa o sector da restauração e similares, uma vez que a proposta de redução do IVA dos 23 para os 13% não foi aceite pelo Governo.

publicado por Zé LG às 00:23
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Isso foi há 8 anos, amigo!!!
Ui ui isto realmente esta ao rubro...pena estes co...
O Dr. pode processá-los por assédio.
Ele à lá agora necessidade de anunciar, comam mas ...
E dificilmente o hospital público se rerguerá porq...
A política da troika continua no Ministério da Saú...
Quem patrocinou esse jantar secreto na casa do gov...
Quem lhe disse que só começaram agora?Não acredite...
Sim, de facto o meu filho não joga futebol.. mas b...
Assim vai a saúde... da política de saúde do Gover...
Estas trabalhadoras agrícolas candidatas, gostava ...
Assim vai a saúde no Algarve....batendo fundo...há...
Candidatura “PS/Somos Beja” em contactos com insti...
Se pretender que o seu voto seja inútil, esteja à ...
Há segunda quarta e sexta reza ao S. Jerónimo, á t...
blogs SAPO