Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
31
Jul 12

publicado por Zé LG às 13:55
31
Jul 12

O deputado do PCP eleito por Beja, João Ramos, acusa o Governo de ter "falta de vontade política" para pôr o aeroporto de Beja a funcionar e lamenta as incertezas sobre outros projectos do Baixo Alentejo, como o Alqueva e a construção da A26.

Em relação ao aeroporto de Beja, há "um acumular de atrasos que não serão benéficos" e "uma grande falta de vontade política" do Governo "em resolver o problema" e pôr a infraestrutura a funcionar, disse João Ramos durante a conferência de imprensa onde fez o balanço da sua actividade na última sessão legislativa na Assembleia da República.

Leia também aqui e aqui.

publicado por Zé LG às 12:29
31
Jul 12

A primeira edição portuguesa do maior festival de música do mundo, o KaZantip, que arrancou no dia 20, nas margens do Alqueva, foi esta encerrada do dia 23, porque, segundo a organização, ficou impossibilitado de vender bilhetes e comida, devido a um erro no licenciamento.

A Câmara de Moura assegura que o encerramento do Festival Kazantip, organizado num terreno propriedade da EDIA e numa herdade particular junto à albufeira de Alqueva, no concelho de Moura, foi da responsabilidade da sua organização, “sendo a Câmara de Moura totalmente alheia a essa decisão”.

publicado por Zé LG às 08:52
31
Jul 12

publicado por Zé LG às 00:31
30
Jul 12

publicado por Zé LG às 23:57
30
Jul 12

Um jovem diplomata português, em diálogo com um colega mais velho:

– Francamente, senhor embaixador, devo confessar que não percebo o que correu mal na nossa História.
Como é possível que nós, um povo que descende das gerações de portugueses, que "deram novos mundos ao mundo", que criaram o Brasil, que viajaram pela África e pela Índia, que foram até ao Japão e a lugares ainda mais remotos, que deixaram uma língua e traços de cultura que até hoje sobrevivem e são lembrados com admiração, como é possível que hoje sejamos dos mais pobres e atrasados da Europa Ocidental?

O embaixador sorriu:
– Mas, meu caro, você está muitíssimo enganado. Nós não descendemos dessa gente aventureira, que teve a audácia e a coragem de partir pelo mundo, nas caravelas, que fez uma obra notável, de rasgo e ambição.

– Não descendemos? - reagiu, perplexo, o jovem diplomata – Então de quem descendemos nós?

– Nós descendemos dos que ficaram cá ...

Recebido por e-mail.

publicado por Zé LG às 12:45
30
Jul 12

Câmara Municipal de Vidigueira

vai levar a efeito a 5ª edição

do FESTIVAL DE FOLCLORE INTERNACIONAL

VILA DOS GAMAS

– FOLKMUNDO.  

No dia 3 de Agosto de 2012

pelas 21h30

a Praça Vasco da Gama

vai receber os Grupos folclóricos internacionais:

Conjunto Folklórico México Mestizo

de CD - Obregón Sonora – México

e o

grupo Kud Svetozar Markovic Novi Sad

da Servia.

publicado por Zé LG às 01:26
29
Jul 12

publicado por Zé LG às 00:19
28
Jul 12

publicado por Zé LG às 23:43
tags:
28
Jul 12

publicado por Zé LG às 09:53
28
Jul 12

Morre lentamente

quem se transforma em escravo do hábito,

repetindo todos os dias os mesmos trajectos, quem não muda de marca

Não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente

quem faz da televisão o seu guru.

Morre lentamente

quem evita uma paixão,

quem prefere o preto no branco

e os pingos sobre os "is" em detrimento de um redemoinho de emoções,

justamente as que resgatam o brilho dos olhos,

sorrisos dos bocejos,

corações aos tropeços e sentimentos.

Morre lentamente

quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho,

quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho,

quem não se permite pelo menos uma vez na vida,

fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente

quem não viaja,

quem não lê,

quem não ouve música,

quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente

quem destrói o seu amor-próprio,

quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente,

quem passa os dias queixando-se da sua má sorte

ou da chuva incessante.

Morre lentamente,

quem abandona um projecto antes de iniciá-lo,

não pergunta sobre um assunto que desconhece

ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.

 

Evitemos a morte em doses suaves,

recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior

que o simples fato de respirar. Somente a perseverança fará com que conquistemos

um estágio esplêndido de felicidade.

 

Pablo Neruda

publicado por Zé LG às 00:14
27
Jul 12

 

No dia da abertura dos Jogos Olímpicos em Londres, o Benfica goleou o Real Madrid, por 5-2, na quinta edição da Eusébio Cup, no Estádio da Luz.

publicado por Zé LG às 23:36
27
Jul 12

publicado por Zé LG às 17:42
tags: , ,
27
Jul 12

Inaugura a 27 de Julho e está patente ao público até 16 de Setembro, no Centro Cultural de Alvito, uma exposição de pintura, de Micéu Nunes, que tem no seu percurso artístico diversas exposições individuais e coletivas, não só em Portugal mas também no Brasil, França e Bélgica.

publicado por Zé LG às 12:42
27
Jul 12


publicado por Zé LG às 08:52
tags: , ,
27
Jul 12

publicado por Zé LG às 00:22
26
Jul 12

Nos dias 27, 28 e 29 de Julho, venha sentir a música de Tim, dos The Gift e dos Terrakota, cabeças de cartaz da Feira Franca de Avis 2012. Deixe-se invadir pelo ritmo e solte o corpo. Apanhe-lhe o jeito. Se, nestes dias, quiser

oferecer doses de alegria e convívio,

a si e aos seus amigos, aceite o convite do Município de Avis e venha recordar e trautear velhos e novos êxitos em três noites “que se viram do avesso” e onde as faixas etárias são,

de facto, abrangentes.

publicado por Zé LG às 18:51
26
Jul 12

Cameirinha – a biografia é o título do livro que será apresentado esta quinta-feira, 26, a partir das 18h30, no Hotel Melius, em Beja, e onde o jornalista António José Brito conta a história (e as estórias) que moldaram a vida e o percurso profissional daquele que é ainda, apesar dos seus 86 anos, o maior empresário do distrito.

Ao longo das mais de 200 páginas de Cameirinha – a biografia, o leitor é levado pela infância e juventude de Leonel Cameirinha nas ruas de Beja (com breves passagens por Lisboa) até à sua afirmação como homem de família, grande empresário e cidadão do

mundo.

Cameirinha – a biografia é assim a história de um homem maior que a sua própria existência, alguém que traçou com suor e dedicação a rota do caminho percorrido.

publicado por Zé LG às 14:30
26
Jul 12

Após 35 anos da Lei Barreto, que levou ao fim da Reforma Agrária, a agricultura alentejana enfrenta novos desafios, como o regadio e a necessidade de produzir mais, defendidos por representantes dos dois lados da barricada do movimento - o militante e antigo deputado do PCP José Soeiro, que, há 37 anos, em plena Reforma Agrária, dirigia o Sindicato dos Trabalhadores Agrícolas do Distrito de Beja e  Castro e Brito, o presidente da Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (Faaba).

A Reforma Agrária arrancou no final de 1974, com as primeiras experiências de ocupação de terras, mas foi em 1975 que ganhou força com o lema A terra a quem a trabalha.
As ocupações de terras na Zona de Intervenção da Reforma Agrária (ZIRA), que abrangia os distritos de Beja, Évora, Portalegre e Setúbal e alguns concelhos dos distritos de Lisboa, Santarém, Faro e castelo Branco, decorreram entre 1975 e 1976.
A 22 de julho de 1977, o Parlamento aprovou a chamada Lei Barreto, do então ministro da Agricultura do primeiro governo constitucional, António Barreto (PS), que impôs limites à Reforma Agrária, abriu portas ao fim das Unidades Coletivas de Produção (UCPs) e despoletou um longo processo de desocupações e devoluções de terras e posteriores indemnizações.

Ler AQUI todo o artigo.

publicado por Zé LG às 08:57
26
Jul 12

A freguesia de Selmes, que já pertenceu “ao termo de Beja” e ao concelho de Cuba e que se destaca pelas seis estações de via-sacra, nichos construídos em alvenaria, “únicos no concelho”, que “constituem os pontos de passagem da procissão do Senhor dos Passos”, tem vindo a ser despojada de pessoas que, sem emprego, partem à procura de melhores condições de vida. O encerramento da EB1, a concretizar-se, diz a população, agravará ainda mais a situação, votando a aldeia ao abandono, num momento em que depositam grandes esperanças no tão famigerado regadio.
Reportagem do Diário do Alentejo, com texto de Nélia Pedrosa e fotos José Ferrolho.

publicado por Zé LG às 00:36
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Então o picado assume que usam a Emas para fazer r...
O vitor, se optasse pelo silêncio ganhava mais.
Estava tão bem que a dias das eleições ...
Então mas não estava tudo bem?
Por cá temos uma colecção de personagens que conse...
É a mesma pessoa! o eng.º José Velez ex-vereador d...
Excelente debate que já há bastante tempo se impun...
Por muitos ilustres que cite não apaga a força do ...
Expus os meus argumentos com a mesma honestidade q...
Para começar, ter preferências é um luxo que todos...
Já vi que tem preferência pelo consumo de azeite d...
O que o PCP pretende no desenvolvimento agricola d...
Não, não sou a favor desse tipo de culturas.O que ...
Caro anónimo, não sei se é adepto deste tipo de cu...
Não precisa do futuro para estar enganado, já o es...
blogs SAPO