Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
08
Out 10

 

O esforço desenvolvido por Beja para a melhoria da mobilidade urbana foi reconhecido internacionalmente no Fórum CIVITAS, um encontro anual entre especialistas de mobilidade urbana e políticos apostados em criar condições de vida mais ecológica nas cidades.
De entre os projectos tidos em conta para a distinção de Beja destaca-se o trabalho desenvolvido no âmbito da mobilidade urbana, como a regulação do trânsito e do estacionamento no centro histórico, a criação de ciclovias, a promoção do uso da bicicleta através das PETRAS e a implementação dos transportes urbanos que hoje permite fáceis deslocações no interior da cidade. Neste âmbito destaca-se ainda o serviço de táxis-colectivos (projecto pioneiro em Portugal) que melhorou a relação das populações mais rurais com a sede do concelho. Foram ainda consideradas para o efeito a participação do Município na rede Mobi.e e no projecto EVUE para a promoção da mobilidade eléctrica, a integração recente na rede de cidades móveis (lançada pelo IMTT em coordenação com a rede EPOMM), a participação na rede ECOS e a sensibilização para estilos de vida mais saudáveis, entre muitos outros projectos desenvolvidos no sentido de tornar Beja a primeira cidade eco-sustentável.

Trata-se de uma aposta da Câmara Municipal, iniciada há uns dez anos, que, apesar de algumas críticas locais, tem merecido o reconhecimento de entidades especializadas externas, como agora aconteceu com este reconhecimento da CIVITAS.

08
Out 10

é o título de uma conferência, organizada pelo QREN e pela CCDR do Alentejo, com o apoio do IPBeja, que está decorrer no Auditório dos Serviços Comuns do IPBeja, para discutir dois temas: “A Economia Verde” e a “Avaliação Ambiental Estratégica”.

O secretário de Estado da Energia e Inovação, Carlos Zorrinho, abriu o debate e a sessão de encerramento conta com a participação da ministra do Ambiente e Ordenamento do Território, Dulce Pássaro.

publicado por Zé LG às 12:37
08
Out 10

Gosto muito de palhaços, principalmente dos pobres, porque me fazem rir; dos ricos nem tanto.

“O termo Palhaço também é bastante utilizado para denegrir a imagem de alguma pessoa. É utilizado em situações onde este(a) faz injustiças, agressões, brincadeiras de mau gosto, deboches demasiados e/ou traumáticos e qualquer outra situação que cause Raiva (sentimento) na pessoa receptora.”

Apesar disso, preferia que quando alguém fica enraivecido, com o que alguém disse ou fez, utilizasse outros nomes em vez de palhaço. Que tal se lhe chamasse Pulido?

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
subscrever feeds
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
Passaram por cá
"Contador de visitas">Contador de visitas
DEZ ANOS ALVITRANDO
10 anos de Blogs do SAPO
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Não gosto de fazer juizos de intenções, mas a verd...
Tanto disparate junto ! Tanto tempo disponível pa...
Siadap cresap siga clinidatanet sisqual pem sape s...
Siadap cresap siga clinidatanet sisqual pem sape s...
Siadap cresap siga clinidatanet sisqual pem sape s...
A do rabo grande, não é amiga de ninguém, é uma fa...
tenho uma igual com batarias novas so precisa ...
De facto, agora já vamos tarde, para uma alternati...
Ou sou eu que não me faço compreender, ou então há...
Quem presume má-fé dos outros, faz suspeitar da su...
Se tivéssemos uma região Alentejo , com um governo...
Sr. Jeremias: esse veneno de que quem aqui debate ...
O problema do debate destes temas neste blog, aliá...
O povo de Beja recusa-se a aprender a lição de Dav...
Para que serve isso?
Outras paragens
DEZ ANOS ALVITRANDO
10 anos de Blogs do SAPO
blogs SAPO