Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
22
Nov 17

manchete_text_311020171052-183-aljustrelmina.jpg

O protesto que surge, por melhores salários, horários e condições de segurança no trabalho, abrange todos os trabalhadores nomeadamente os da empresa concessionária das minas, a Almina-Minas do Alentejo, e das outras duas empresas que prestam serviços no complexo mineiro, a EPDM-Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro e Urmáquinas.

Jacinto Anacleto, dirigente do STIM-Sindicato dos Trabalhadores da Industria Mineira, critica o facto de grande parte dos trabalhadores terem um vencimento mensal de 600 euros, com horários diários de 10 horas. Jacinto Anacleto, aponta ainda o dedo às administrações das três empresas porque até agora têm recusado dialogar com o sindicato que representa os trabalhadores.
A realização da greve foi decidida no plenário geral de trabalhadores das minas, que decorreu no dia 18 de Outubro.

publicado por Zé LG às 00:10
21
Nov 17

580px_e5a0ef85e47d1b663226.pngNa segunda edição do Festival APROXIMA-TE!, continuamos a lançar perguntas para tentar perceber como podemos aproximar os miúdos do património ou vice-versa, na expectativa de identificar as oportunidades, mas também as contingências e consequentemente os desafios que se apresentam à criação de uma forte, sólida, perene e entusiasmante relação dos miúdos com o património cultural:
Será que a relação dos miúdos com o património pode vir a ser tão espontânea quanto a relação com a música?
Pode o património surgir como um programa de lazer tão atractivo quanto uma ida ao cinema? Que relações com instrumentos de comunicação direccionados para este público desenvolve o património cultural no nosso país?
Conheça, em primeira mão, alguns dos temas em debate! - em http://www.aproxima-te.com/

 

publicado por Zé LG às 17:54
21
Nov 17

201120171800-111-SIMBOLOACT1.jpg

Na passada semana, a ACT realizou uma ação inspetiva conjunta com a GNR, o SEF e a Delegada de Saúde, numa herdade no Alentejo, no âmbito da apanha da azeitona, com o objetivo de combater o trabalho não declarado no setor agrícola. No decorrer da visita os inspetores do trabalho analisaram a situação de 154 trabalhadores, dos quais 97 se encontravam não declarados. Imediatamente as várias empresas envolvidas foram notificadas para proceder à respetiva regularização, avança a Autoridade para as Condições do Trabalho na nota de imprensa enviada à nossa redação.

A ACT refere ainda, que vai acompanhar estas situações para que seja reposta por completo a legalidade das relações laborais e promovido o cumprimento das regras legais.

publicado por Zé LG às 13:50
21
Nov 17

EMAS-Beja.jpg

A Empresa Municipal de Águas e Saneamento de Beja (EMAS) anuncia que está a ultimar, “com carácter de urgência”, a contratação de um empréstimo de médio e longo prazo no valor de 2,5 milhões de euros, para solucionar problemas a curto prazo.

Em causa está o pagamento de vários empréstimos de curto prazo contraídos de forma sucessiva nos últimos dois anos, pela anterior administração, “sem uma previsão relativamente à forma como seriam liquidados, nem uma expectativa sólida quanto ao acesso a financiamentos comunitários”.

Acrescem ainda “elevados valores de facturação que foram e estão a ser apresentados por diversos empreiteiros, empresas de fiscalização, entre outros”, que estão a provocar “rotura completa de tesouraria, criando uma situação insustentável para muitos empreiteiros, prestadores de serviços, fornecedores e também para a própria empresa pela pressão que causa sobre os serviços”.

Rui Marreiros, administrador executivo da EMAS, não esconde as suas preocupações, AQUI e AQUI.

publicado por Zé LG às 08:47
20
Nov 17

IMG_3534.JPG

Fotografia de um "quadro" do Museu da Ruralidade de Entradas.

publicado por Zé LG às 21:06
20
Nov 17

primage_21261.pngO Presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, e o Vereador e Vice –Presidente Luís Miranda, visitaram na tarde de Quinta-Feira, dia 16/11, o Aeroporto de Beja, em visita conjunta com o Presidente dos grupos MESA e HI FLY, Paulo Mirpuri, e o Diretor do Aeroporto de Beja, José Natário. O encontro serviu para se inteirarem, no local, do projeto de construção do hangar da MESA, para reparações de aeronaves Airbus A330 e A340. A empresa prevê o início da construção do espaço para abril/maio de 2018 e a conclusão para perto de final do ano, numa área de construção de aproximadamente 1 hectare.

Quando o hangar estiver a laborar em pleno dará trabalho especializado a 150 técnicos de manutenção de aeronaves.

Durante a visita foram ainda abordadas outras oportunidades de negócio entre os grupos MESA/HI FLY, o Aeroporto e o Município de Beja, para que Beja possa ganhar uma dimensão aeronáutica relevante no contexto nacional, a médio prazo, com criação de emprego líquido e consequente valorização económica do Concelho e da Região.

Informação do Gabinete de Comunicação Integrada da CMB

publicado por Zé LG às 18:15
20
Nov 17

0001 (1).jpg

O evento contará com a participação dos restaurantes “Flor do Campo” (Sabóia), “O Tarro” (Odemira), “O Jaime” (Boavista dos Pinheiros) e “Mar e Sol” (Vila Nova de Milfontes). Nas ementas estarão diversos pratos ou petiscos bem como sobremesas aromatizados com medronho.

O concelho de Odemira tem bastante tradição na produção de medronho e de aguardente à base de medronho, sendo um dos produtos estratégicos para o desenvolvimento e dinamismo económico do interior do concelho.

 

publicado por Zé LG às 13:48
20
Nov 17

 

Há uns anos, quando manifestava o meu desagrado pelo aumento do preço da electricidade, um amigo disse: “Quero lá saber do aumento do preço da electricidade, quero é que as acções da EDP subam.” Isto aconteceu pouco depois da EDP ter feito uma das primeiras operações de venda das suas acções. Por ter comprado algumas dessas acções este meu amigo passou a valorizar mais sua posição de accionista da EDP do que a de consumidor de electricidade. E por mais que eu tivesse argumentado que consumidor seria sempre e que accionista poderia ser apenas durante algum tempo, ele insistiu em defender mais a sua posição de accionista.

Este é o princípio que está subjacente ao facto de haver tanta gente, que ambiciona naturalmente a ter uma boa vida, a agir contra os seus interesses, privilegiando a defesa dos ricos - o que gostaria de ser - em detrimento da posição que ocupa – assalariado, trabalhador por conta própria, micro ou pequeno empresário – e da sua situação de consumidor, que é tanto mais importante quanto menos tem.

 

 

publicado por Zé LG às 00:08
19
Nov 17

SOMINCOR-1.jpg

A iniciativa é dirigida a jovens estudantes, entre os 16 e os 25 anos, dos ensinos secundário, profissional ou universitário ou jovens desempregados inscritos no Centro de Emprego e Formação Profissional de Beja. Os candidatos têm obrigatoriamente ser residentes em Castro Verde, Almodôvar, Aljustrel, Mértola ou Ourique.

“Promover a criatividade dos jovens e simultaneamente aproximarmo-nos da comunidade, abrindo novas formas de interação com todas as gerações, é um dos nossos objetivos. Queremos uma SOMINCOR cada vez mais integrada nas comunidades, e ter connosco um trabalho artístico de qualidade, criado por jovens da nossa região, será um enorme motivo de orgulho”, salienta Dina Diogo, do Departamento de Comunicação e Responsabilidade Social Empresarial da SOMINCOR.

Os jovens interessados podem candidatar o projecto de reabilitação até dia 28 de Fevereiro de 2018.

publicado por Zé LG às 16:38
19
Nov 17

O Grupo Parlamentar do PCP confrontou o ministro Adjunto, responsável político pela Unidade de Missão para a Valorização do Interior, com o modelo de desenvolvimento do interior do país, reivindicando políticas diferentes para o interior e para a situação do distrito de Beja

220720140010-383-PCPAlentejo-01.png

O PCP frisou naquela interpelação ao Governo, que no Alentejo foi feito o maior investimento hidroagrícola do país, mas o modelo associado ao desenvolvimento do projeto estimulou a concentração da propriedade, aumentou as preocupações ambientais e a destruição do património cultural, não promoveu o povoamento, não reduziu o desemprego e não dinamizou substancialmente as economias locais, a não ser alguma empresa de fornecimento de serviços e equipamentos de regadio. Neste contexto, o PCP reivindica um modelo de investimento nas infraestruturas que têm de acompanhar o aumento produtivo.

O PCP refere ainda, que o distrito de Beja aguarda desde 1985 pela construção de dois Itinerários Principais (IP2 e IP8) e desde 1998 pela construção do IC27, a ligação ferroviária tem-se vindo a degradar e o atual Governo continua sem assumir a eletrificação da linha, o aeroporto, construído para aproveitamento de uma das melhores pistas do país, não se articula nem com a rodovia nem com a ferrovia. Por tudo isto, o Grupo Parlamentar do PCP exigiu que, ao investimento e ao aumento da produção, esteja associado um modelo económico verdadeiramente orientado para o desenvolvimento regional e a coesão social e territorial.

publicado por Zé LG às 10:11
18
Nov 17

578px_585a7140f36007827350d78234ff63a6.jpg

Foi aprovado por unanimidade, na reunião de câmara de 15 de novembro, a proposta de fixação do valor de 0,35%, para os prédios urbanos e a aplicação do artigo 112º-A do CIMI, no Município de Beja, de acordo com tabela, que estabelece a dedução fixa pelo número dependentes a cargo: Dedução fixa (em €) – 1 dependente – 20€ de dedução, 2 dependentes – 40 €, 3 ou mais dependentes 70€.
Em relação à derrama, foi aprovada a sua fixação em 1,5% sobre o lucro tributável das empresas com volume de negócios superior a 150.000,00 € e isenção para as empresas com volume de negócios inferior ou igual a esse montante.
Quanto ao IRS, foi aprovada a fixação de uma participação de 5%.
Estas deliberações serão votadas na próxima sessão da Assembleia Municipal agendada para o dia 22 de novembro, pelas 18h00, no edifício do antigo Governo Civil de Beja.

In: B NEWSLETTER | 17 de novembro de 2017 | Câmara Municipal de Beja

publicado por Zé LG às 23:35
18
Nov 17

23559689_1541490159276458_6802551305931331272_n.jp

publicado por Zé LG às 16:06
18
Nov 17

23666680_10210924202121656_2115356330_n.jpg

publicado por Zé LG às 01:10
17
Nov 17

161120171655-771-Andarcomadiabetes.jpg

Integrada no programa comemorativo do Dia Mundial da Diabetes 2017, realiza-se neste sábado, dia 18, a caminhada “A andar com a diabetes”, uma iniciativa aberta a toda a população. A concentração dos participantes é às 09.00 horas, no Parque de Feiras e Exposições de Beja.

A caminhada é organizada pela Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), com o apoio da Câmara Municipal de Beja e a parceria dos ginásios da cidade e do Instituto Português do Desporto e Juventude de Beja.

A enfermeira da ULSBA, Cristina Palma, fala desta iniciativa e apela à participação.

As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas através do mail: desporto@cm-beja.pt ou através da página do evento no facebook em www.facebook.com/diabetes.9.beja.

publicado por Zé LG às 13:53
17
Nov 17

23621600_1541330699292404_908782362422040177_n.jpg

A ANA Aeroportos de Portugal e a empresa de engenharia e manutenção MESA, do mesmo grupo da companhia aérea Hi Fly, assinaram formalmente uma licença de ocupação de um novo hangar no Terminal Civil de Beja, onde aquela empresa irá desenvolver e expandir a sua atividade de manutenção de aviões, anunciou a ANA. As obras para a construção desta nova infraestrutura deverão ter início em abril de 2018 e espera-se que a conclusão da primeira fase ocorra até ao final desse mesmo ano.
A ANA Aeroportos de Portugal adianta que o investimento “permitirá a construção de um novo hangar, oficinas e arranjos exteriores com uma área total de 9 500 metros quadrados e um centro técnico com capacidade para aviões de grande porte, incluindo os modelos Airbus A330, A340 e A350”.
O novo hangar servirá “para a manutenção de base da frota de aviões Airbus da companhia aérea Hi Fly”, que já utilizava Beja para estacionamento e manutenção de linha há cerca de dois anos, “bem como para outras companhias aéreas com contrato de manutenção com a MESA”.
Ainda de acordo com a ANA, o desenvolvimento e expansão desta atividade conta igualmente com um novo centro logístico de suporte às atividades acrescidas de manutenção, com cerca de 6 000 metros quadrados, “cuja localização será decidida nos próximos meses e que poderá ser em Lisboa, Palmela ou Beja”.

publicado por Zé LG às 08:47
17
Nov 17

23559857_1541521665939974_7963238770993395789_n.jp

publicado por Zé LG às 00:46
tags: , ,
16
Nov 17

rttt.jpg

Entre 17 e 23 de novembro o PCP exibe na Casa de Cultura de Beja uma exposição sobre o Centenário da Revolução de Outubro, que será visitável no período de normal funcionamento da Casa da Cultura, de Segunda-Feira a Sábado das 10h00 às 18h00.

A Revolução Russa foi marcada por um período de conflitos, iniciados em 1917, que derrubou a autocracia russa e levou ao poder o Partido Bolchevique, de Vladimir Lénin, primeiro com a deposição do Czar Nicolau II e depois, no mesmo ano, com o derrube do governo provisório apoiado por moderados e a imposição de um governo socialista soviético.

publicado por Zé LG às 18:00
16
Nov 17

JPTrindade.jpg

novo presidente do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja), João Paulo Trindade, nomeou como vice-presidentes João Fernandes e João Leal.

Paulo Cavaco foi nomeado administrador.

Nuno Loureiro mantém o cargo de Pró-Presidente para a Internacionalização e Ana Paula Figueira foi nomeada Pró-Presidente para o Planeamento, Marketing e Comunicação. 

23472463_1749295968445305_4232014513474211309_n.jp

publicado por Zé LG às 13:48
16
Nov 17

Alqueva.jpg

O Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural anunciou que o Governo já obteve “luz verde” para avançar com o Plano Nacional de Regadios, com um investimento superior a 400 milhões de euros e que vai construir mais 90 mil hectares de área de regada, 48 mil dos quais em Alqueva.

Capoulas Santos revelou que o Governo espera dar início aos trabalhos já a partir de Janeiro.

No caso de Alqueva, os novos 48 mil hectares de regadio a criar juntam-se aos 120 mil hectares existentes.

Esta é uma noticia que agrada às Associações de Agricultores da região que têm reclamado o alargamento do perímetro de rega de Alqueva.

publicado por Zé LG às 08:53
16
Nov 17

23519358_1550445325032299_5046540769765652765_n.jp

A Câmara de Nisa enviou um ofício ao ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, alertando o governante para a necessidade de se proceder à construção de “uma solução válida, duradoura e sustentável para elevar o rio Tejo”.

Nos últimos dias apareceram toneladas de peixes mortos a boiar nas águas do rio Tejo entre as Portas de Rodão e a barragem do Fratel. Já em outras ocasiões se verificou a morte massiva de peixes por causa da poluição no Tejo, mas nunca com a dimensão da mortandade brutal que agora se verifica.

publicado por Zé LG às 00:19
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
24
25
26
27
28
29
30
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
O Oliveira foi sacudido ainda antes das eleicoes.
Só espero que tem dinheiro para receber não veja i...
O acolhimento politico e pessoal do executivo às i...
Como foi possível proceder a um aumento salarial c...
O vereador que não fazia parte do CA da EMAS é que...
P'ra parceiros até que não se dão mal!
O novo executivo tomou posse há um mês, depara-se ...
Isso foi já com a máquina do alcatrão ou essa foi ...
Então o picado assume que usam a Emas para fazer r...
O vitor, se optasse pelo silêncio ganhava mais.
Estava tão bem que a dias das eleições ...
Então mas não estava tudo bem?
Por cá temos uma colecção de personagens que conse...
É a mesma pessoa! o eng.º José Velez ex-vereador d...
Excelente debate que já há bastante tempo se impun...
blogs SAPO